Aluna do LAR conta sobre preparação e expectativas para apresentação na Sala São Paulo

Mariana Galvão dos Santos Cardozo, de 11 anos, vai tocar violino no espetáculo da renomada sala de concertos, em 20 de março

Depois de ter sido adiada devido à pandemia, a apresentação dos alunos do LAR na Sala São Paulo está agendada para 20 de março. As crianças estão se preparando ativamente desde o ano passado. Como se trata de um espetáculo que ocorre em uma das principais casas de concertos do país e sede da Orquestra Sinfônica do Estado, a expectativa é muito grande.

“Sempre dá um certo nervoso quando vai chegando o dia, mas acho que vai ser muito legal e ainda melhor do que o espetáculo que fizemos em 2019 também na Sala São Paulo. Além de todo mundo ter um grande potencial, nós treinamos muito na quarentena”, diz Mariana Galvão dos Santos Cardozo, de 11 anos.

Aluna do LAR desde 2018, quando iniciou as aulas de teatro e coral, Mariana também frequenta a oficina de cultura maker (LabLAR) e, há dois anos, faz violino. Na apresentação de 2019, ela atuou como atriz e, neste ano, se apresentará como instrumentista.

Clique aqui para colaborar com o nosso trabalho!

“Mesmo durante a pandemia, a nossa preparação foi muito boa, pois o LAR nos emprestou os instrumentos. Antes, eram duas horas por semana, mas agora, com o violino em casa, eu posso estudar o quanto quiser e o dia que quiser, inclusive nos finais de semana, o que ajuda bastante”, afirma.

Segundo ela, a volta às atividades presenciais no LAR também contribui para o treino. “Com certeza, é muito melhor fazer as aulas presencialmente. A internet não cai, a professora consegue ajudar mais e, para o ensaio, é importante estar com outras pessoas.”

Ao lembrar da apresentação anterior, Mariana conta que adora atuar. “Meu sonho é ser atriz quando eu crescer. Ficar horas lendo e decorando textos me deixa calma. E é preciso ter foco para não errar e conseguir falar naturalmente”.

Por outro lado, ela diz que também gosta muito de tocar violino. “Tem muita gente que quer aprender esse instrumento, e eu tive essa oportunidade no LAR. Amo muito esse lugar desde o primeiro dia que cheguei lá. Fiz muitos amigos e conheci várias pessoas legais. Adoro os professores, que ensinam de um jeito divertido. É uma benção ter aulas de violino e teatro e se apresentar na Sala São Paulo. Eu fico muito emocionada com isso.”

Para conhecer mais sobre o trabalho realizado no LAR, acesse o nosso site: www.bencaodivina.org.br

Caso queira contribuir com este trabalho na forma de doação, acesse: lar.colabore.org

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store